Sg.hu – As roupas podem ser transformadas em biossensores

Os especialistas transformaram os têxteis em sensores.

Pesquisadores da University of Utah e da Gyeongsang National University têm um procedimento desenvolvido, que converte tecidos de algodão-poliéster em biossensores que medem a atividade elétrica dos músculos. As atividades de indivíduos e atletas em reabilitação até agora têm sido medidas usando avaliadores tradicionais, que geralmente são fixados na pele das pessoas afetadas, mas este tem sido um procedimento pesado e complicado. O novo método é muito mais conveniente e simples.

Huanan Zhang, da Universidade de Utah, disse que o procedimento permitirá aos médicos coletar sinais elétricos de um músculo a longo prazo com muito mais precisão do que nunca. Além disso, os versados ​​na técnica terão uma melhor compreensão da melhora na condição dos pacientes e do sucesso ou fracasso do tratamento utilizado.

Os sensores são integrados às partes da roupa onde os músculos estão localizados. Cada sensor é conectado por um cabo fino a um dispositivo que os participantes da reabilitação usam no quadril, que registra toda a atividade muscular.


Zhang revestiu os tecidos com uma fina camada de prata que, por um lado, capta os sinais elétricos dos músculos e, por outro, os transmite. Como a prata oxida com o tempo e pode causar danos à pele, a equipe de Zhang decidiu fazer uma segunda camada de ouro que é mais bem tolerada pela pele humana. O cientista justificou isso dizendo que a prata fornece condutividade básica, enquanto o ouro melhora o presente e a biocompatibilidade. Zhang acrescentou que, em princípio, eles poderiam desistir do uso de prata, mas então o sensor seria muito mais caro.

A camada prata-ouro é muito resistente, mesmo após 15 lavagens funciona como no primeiro dia. Os pesquisadores até agora o testaram em uma manga. Zhang acreditava que os sensores poderiam até ser integrados em roupas feitas sob medida, como calças ou collants de ciclismo.


Source: SG.hu Hírmagazin by sg.hu.

*The article has been translated based on the content of SG.hu Hírmagazin by sg.hu. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!