toque de recolher, restrição de entrada, apreensão de armas

Presidente do Cazaquistão assinaram decretos sobre a introdução do estado de emergência na região de Mangistau e na cidade de Alma-Ata. Durante o período de validade, fica proibida a venda de armas, munições, álcool. Também sob proibição temporária – greves, reuniões pacíficas e eventos públicos.

A proteção de instalações estaduais e estratégicas especialmente importantes está sendo fortalecida. Os indivíduos confiscarão temporariamente armas e munições.

Os documentos foram assinados por duas semanas – de 5 a 19 de janeiro. Decisão é feita no contexto de protestos ocorridos em várias cidades… Eles começaram após o aumento do preço do gás liquefeito.

A situação foi controlada pelo presidente do país, Kassym-Zhomart Tokayev. Exortou os seus compatriotas a ter prudência e não sucumbir às provocações de dentro e de fora. Ele enfatizou que as chamadas para atacar departamentos civis e militares são ilegais.

“Este é um crime que será punido”, disse ele.

No dia 5 de janeiro, o presidente pretende realizar uma reunião sobre a situação socioeconômica do país.

Em Alma-Ata, alguns bairros de Nur-Sultan estão bloqueando a internet, mensageiros WhatsApp e Telegram não funcionam, relata “Interfax”.


Source: Вести.Ru by www.vesti.ru.

*The article has been translated based on the content of Вести.Ru by www.vesti.ru. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!