Tributação: os destinos europeus preferidos para aposentados


Em 1994, apenas cinco regimes fiscais específicos existiam na Europa: Grã-Bretanha, Irlanda, Bélgica, Holanda e Dinamarca. Em 2020, a Europa tinha 28! Uma multiplicação que tem consequências. As estimativas do Observatório Europeu de Impostos, em seu relatório divulgado em novembro passado, que esses regimes fiscais específicos fariam com que a União Europeia (UE) perdesse mais de 4,5 bilhões de euros por ano. Entre eles, alguns visam atrair aposentados. De acordo com dados do Fundo Nacional de Seguro de Velhice, entre os quase 15 milhões de aposentados franceses que recebiam uma pensão em 31 de dezembro de 2020, 7,6% residiam no exterior (metade deles na Europa). Para Benjamin Lafaye, advogado tributário da Fiducial Legal, cada vez mais surgirão regimes específicos para essa população: “Quanto mais países houver com medidas favoráveis, mais os outros devem seguir”. Na França, as pensões de aposentadoria estão sujeitas à escala progressiva do imposto de renda que pode chegar a 45%. Hoje, cinco destinos para aposentados se destacam na Europa.

Portugal, El Dorado


Source: Challenges en temps réel : accueil by www.challenges.fr.

*The article has been translated based on the content of Challenges en temps réel : accueil by www.challenges.fr. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!