Twitter com uma reconvenção contra Mask: ele está inventando coisas

06.08.2022. / 11:30

SÃO FRANCISCO – O Twitter rejeitou no tribunal as alegações de Elon Musk de que ele tinha motivos legítimos para desistir de um acordo de US$ 44 bilhões para comprar a plataforma.

FOTO: Tempos financeiros

Em um documento divulgado na quinta-feira, o Twitter chamou os argumentos de Musk para desistir do acordo de “uma história inventada na tentativa de evitar um acordo de fusão que Musk não acha mais atraente quando o mercado de ações, e com ele sua vasta fortuna pessoal, perdeu terreno. .” valores”.

O Twitter processou Musk no mês passado para forçá-lo a fazer o acordo. A ação judicial é uma resposta à reconvenção de Musk, que ele apresentou sob sigilo no último domingo e deve ser divulgada hoje.

O conflito atual começou depois que Musk alegou que o Twitter não estava fornecendo dados precisos sobre o número de bots, citando isso como um motivo para desistir do acordo.

O Twitter afirma que as contas de spam representam menos de 5% de seus mais de 200 milhões de usuários, mas Musk acredita que o número é maior e acusou o Twitter de ocultar informações sobre o problema.

A gigante da internet, por sua vez, acusou Musk de “causar” o problema para evitar o negócio sem pagar multa.

“As contra-alegações são uma história feita para o litígio que vai contra as evidências e o bom senso”, disse o Twitter em resposta, de acordo com documentos legais obtidos pela Reuters.

Eles respondem que Mask está inventando coisas.

“Mask está inventando representações que o Twitter nunca fez e, em seguida, tentando usar seletivamente os extensos dados confidenciais fornecidos a ele pelo Twitter para causar violações dessas supostas representações”, disse a empresa.

Os advogados de Musk queriam apresentar uma versão pública de sua resposta e reconvenção no tribunal de Delaware.

No entanto, os advogados do Twitter reclamaram que precisavam de mais tempo para revisar e potencialmente redigir o arquivamento selado de Musk, dizendo que “em grande parte” estava relacionado a informações e dados internos do Twitter fornecidos a Musk.

O bilionário fez uma oferta para comprar o Twitter em abril, mas disse em julho que queria desistir do acordo, provocando um drama legal.

Musk e o Twitter têm direito a US$ 1 bilhão em danos se a outra parte for considerada responsável pelo fracasso do acordo. O Twitter, no entanto, quer mais e está buscando uma ordem judicial de “desempenho específico” que exigiria que Musk cumprisse o acordo. Agências


Source: Capital.ba – Informacija je capital by www.capital.ba.

*The article has been translated based on the content of Capital.ba – Informacija je capital by www.capital.ba. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!