Mastros Ele está com fome ele deveria comparecer a um juiz na capital queniana, Nairóbi, ontem, mas ele conseguiu escapar da custódia. Wanjala admitiu ter matado mais de uma dúzia de crianças no Quênia.

Que ele havia desaparecido foi notado por policiais durante a verificação matinal. Três que estavam de plantão quando ele escapou já foram presos.

A polícia já está em seus calcanhares. Ele foi relatado como uma pessoa extremamente perigosa.

Wanyalo foi preso em julho deste ano quando admitiu ter atordoado e matado meninos, em alguns casos até bebendo seu sangue. A notícia de suas ações chocou o Quênia.