Um orientalista israelense ataca Erdogan: minando nossa diplomacia


Israel está acompanhando o crescimento do poder regional da Turquia às suas custas na região, à luz do que chama de caos que ocorre na Península Arábica, o Crescente Fértil e o Norte da África, alegando que Ancara está tentando controlá-lo e preencher o vazio criado por ele, o que aumenta a hostilidade de Israel e o medo de expandir sua influência.

Parece que a libertação do casal israelense da detenção pela Turquia não trouxe garantias aos israelenses, alegando que a hostilidade turco-israelense é uma questão “estrutural”, e gestos positivos não cancelam esses sentimentos contraditórios, embora as relações diplomáticas e comerciais não tenham sido afetadas, mas a tendência política que conduz a Turquia está levando-a ao conflito com Israel, após substituir sua busca pela integração na Europa por uma espécie de conflito estrutural com Israel.

O professor Eyal Zisser, professor de estudos do Oriente Médio em universidades israelenses, afirmou que “desde que o presidente Recep Tayyip Erdogan assumiu o poder no início dos anos 2000, as relações entre Israel e a Turquia viveram em crise constante e se tornaram reféns das flutuações de Israel. As relações palestinas e a questão do casal detido terminaram.Em Ancara, antes que a mídia israelense transformasse uma “tempestade em um copo d’água” em um tsunami que os deixaria na prisão por um longo tempo.

Ele acrescentou em um artigo publicado pelo jornal “Israel Today”, traduzido por “Arabi 21”, que “a recente crise quase causou o colapso das relações israelense-turcas, o que confirma que são relações com um teto de vidro. verdade que esta relação deve ser preservada e fortalecida, mas não se deve esperar muito para ser alcançado ainda. ” Isso porque Erdogan lidera uma política anti-Israel, às vezes chegando perto do anti-semitismo e até minando sua diplomacia. “

É verdade que Israel é uma potência regional, mas a Turquia limita seu poder devido às denúncias israelenses sobre sua apreensão do Crescente Fértil, em um claro esforço de soberania regional, porque os países árabes hoje, incluindo o maior deles, o Egito, têm enfraqueceu significativamente, e suas operações de construção de país enfrentaram um fracasso miserável. Em vez disso, ele desmorona e afunda, o que constitui um declínio e queda rápidos e perigosos, que fez a Turquia atraída para preencher o espaço caótico que se abriu ao seu redor nos países da região.

Os israelenses tendem a fazer uma comparação entre o regime islâmico vigente na Arábia Saudita e na Turquia, embora seja radical no primeiro e moderado no segundo, mas eles diferem em sua visão de Israel. O sistema religioso da Arábia Saudita é mais rígido do que o que prevalece na Turquia, mas cada vez mais se apressa em seguir o caminho dos Emirados Árabes Unidos na aliança com Israel, que este coloca em sua perspectiva estratégica, o que confere a Ancara o status de forte país regionalmente contra o pano de fundo da fraqueza do resto dos países árabes.


Source: عربي21 by arabi21.com.

*The article has been translated based on the content of عربي21 by arabi21.com. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!