Ursos polares assumem ilha abandonada entre Rússia e Alasca | Fotos

Em uma ilha entre a Rússia e o Alasca, nos prédios abandonados de uma estação meteorológica, ursos polares assumiram o controle.

Em setembro, o fotógrafo russo Dmitry Kokh embarcou em um iate e navegou 2.000 km pelo Mar de Chukchi, passando por algumas das partes mais orientais do Ártico russo.

Inicialmente, Kokh começou a fotografar a Ilha Wrangel, que era famosa por sua população de ursos. No entanto, ele descobriria os enormes animais árticos em um local muito menos provável.

Ursos polares na ilha Kolyuchin abandonada na Rússia. Foto: Dmitry Kokh

“Natureza [is] sempre enviando algo quando você menos espera”, disse Kokh sobre a descoberta.

“Quando passamos pela ilha Kolyuchin perto da costa norte de Chukotka, vimos alguns movimentos nas janelas das janelas abandonadas e quando chegamos perto – eram ursos!”

Fornecido

Os ursos vivem do outro lado da ilha. Foto: Dmitry Kokh

Os edifícios foram construídos na década de 1930 e abandonados na década de 1990, mas Kokh disse que esta foi a primeira vez que os moradores incomuns foram avistados, uma experiência que ele descreveu como “uma vez na vida” para DIYPhotography. Os ursos polares são muito curiosos”, escreveu ele em um post no Instagram com uma das imagens.

Fornecido

Os ursos tomaram conta da ilha abandonada. Foto: Dmitry Kokh

“Pode ser bom para (um) fotógrafo ou não, dependendo da situação.”

Agarrando sua câmera, Kokh tirou uma série de imagens, uma das quais ganhou o prêmio National Geographic de “Melhor Imagem da Vida Selvagem em um Ambiente Antropogênico” em um concurso de fotografia russo de 2021.

Fornecido

Lar doce lar para este urso. Foto: Dmitry Kokh

Enquanto os ursos parecem perplexos com o estado de sua nova casa, Kokh expressou sua decepção com a forma como as costas se tornaram um depósito de lixo.

“Há cerca de 12 milhões de barris de combustível abandonados espalhados ao longo da costa”, escreveu Kohn recentemente nas redes sociais. “No tempo soviético, eles traziam os barris e depois que o combustível era usado, eles jogavam barris por todo lado. Além de aldeias abandonadas, lixo de construção e assim por diante.

“E é muito caro limpar tudo agora.”

Este artigo apareceu originalmente em NZ Herald e foi reproduzido com permissão


Source: Daily Telegraph by www.dailytelegraph.com.au.

*The article has been translated based on the content of Daily Telegraph by www.dailytelegraph.com.au. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!