Vacinados e previamente doentes também terão de quarentena, abreviando para cinco dias


Atualizações: 01.05.2022 15:19

Praga – Vacinadas e as pessoas terão que entrar em quarentena após um contato arriscado com um testador de coronavírus positivo, e as pessoas dentro de seis meses após passarem pela cobiça. O Ministro da Saúde, Vlastimil Válek (TOP 09), disse a repórteres em uma coletiva de imprensa após a reunião do governo de hoje.

Mais de 60 por cento da população está atualmente vacinada contra covid, e 2,5 milhões de pessoas já contraíram a infecção por coronavírus, mas algumas delas também estão vacinadas. As vacinas ainda não tiveram que passar por um teste ou quarentena obrigatória após o contato de risco, e o padecimento da doença deixou as pessoas sem essas condições por seis meses.

No final de novembro, o higienista-chefe ajustou a orientação metodológica para que as pessoas que moram com o infectado no mesmo domicílio façam o teste de PCR, mas não precisem colocar em quarentena nem receber o resultado.

A quarentena e o isolamento da Covid-19 serão reduzidos para cinco dias a partir de terça-feira

Segundo o primeiro-ministro Petr Fiala (ODS), o isolamento das pessoas infectadas pelo coronavírus e a quarentena de seus contatos serão reduzidos para cinco dias. Isso é necessário devido à disseminação de uma variante mais contagiosa do coronavírus omicron, disse ele após a reunião governamental de hoje. O ministro da Saúde Vlastimil Válek (TOP 09) acrescentou que a mudança entrará em vigor a partir de terça-feira da próxima semana. Naquela época, segundo o Instituto Estadual de Saúde Pública, o omicron responderá por mais de 50% dos casos.

“Em relação à disseminação da variante ômicron, o Ministério da Saúde tornou possível e necessário, mesmo com base na experiência estrangeira, reduzir a quarentena e o isolamento para cinco dias”, disse Fiala. Dados estrangeiros sugerem que o omicron é mais contagioso do que o delta, mas uma proporção menor deles vai a hospitais com curso grave da doença. De acordo com a previsão do Instituto de Informação e Estatística em Saúde (ÚZIS), podem ser esperados até 50 mil infectados por dia no pico da epidemia de ômicron, e 900 pacientes serão internados diariamente em hospitais. Até 7.000 podem ser hospitalizados em um dia.

Pessoas com infecção confirmada entram em isolamento para evitar a propagação da doença. Atualmente, leva duas semanas. As pessoas estão em quarentena após um contato arriscado com uma pessoa testada positivamente. Até agora, ele poderia ser encerrado após sete dias com um teste de PCR negativo se não houvesse sintomas. Sem um teste, a quarentena dura duas semanas.

De acordo com declarações anteriores de membros do governo, a razão para encurtar a quarentena foi o medo de que, devido ao grande número de pessoas infectadas e em quarentena, trabalhadores em áreas importantes da economia pudessem estar desaparecidos. Na segunda-feira, a Central Crise Staff encarregou representantes de infraestrutura crítica para traçar um plano de medidas para prepará-lo para a situação.


Source: České noviny – hlavní události by www.ceskenoviny.cz.

*The article has been translated based on the content of České noviny – hlavní události by www.ceskenoviny.cz. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!