VENDA TRIPLA DE CARROS ELÉTRICOS NA UE

A parcela de veículos elétricos vendidos na UE mais do que triplicou em 2020, atingindo 10,5 por cento pela primeira vez. Os dados mais recentes mostram que as iniciativas da UE e dos Estados membros para estimular a demanda por esses carros deram frutos.

O salto nas vendas de veículos elétricos, que representaram três por cento dos carros vendidos em 2019, indica que o domínio dos veículos movidos a combustíveis fósseis está enfraquecendo e que a meta da UE de 35-40 por cento dos veículos elétricos no mercado até 2030 será alcançada , relata o portal de Bruxelas EURACTIV.

Os veículos híbridos plug-in representaram 11,9 por cento em 2020, e a parcela de veículos a gasolina caiu para menos de 50 por cento, relatórios Beta.

“Com o suporte certo, incluindo um aumento massivo na infraestrutura de carregamento de bateria e bombas de combustível alternativas em todos os países da UE, essa tendência positiva pode continuar”, disse Oliver Zipse, presidente da Associação de Fabricantes de Automóveis Europeus e CEO da BMW.

A UE estabeleceu padrões muito rigorosos para as emissões, a fim de encorajar os fabricantes de automóveis a mudar para veículos “limpos”. De acordo com esses regulamentos, os carros devem emitir 37,5% menos dióxido de carbono até 2030 em comparação com 2021, e as vans 31% menos.

A Comissão Europeia espera que, com estas medidas, consiga ter 30 milhões de veículos com emissões zero nas estradas da UE até 2030. Para o efeito, a CE planeia adicionar pelo menos 2,75 milhões de estações de carregamento em toda a Europa.

A diretora da organização não governamental Transporte e Meio Ambiente, Yulia Poliskanova, acredita que os rígidos objetivos da UE em relação às emissões de dióxido de carbono são o principal fator para o aumento do número de veículos elétricos.

“Iniciativas nacionais ajudaram a aumentar as vendas apesar da pandemia, mas não teríamos tantos veículos elétricos para comprar se os fabricantes não tivessem se apressado para evitar multas pesadas”, disse ela.

As medidas introduzidas na luta contra a pandemia em 2020 causaram grandes prejuízos ao varejo e a indústria automobilística foi ainda mais atingida. As vendas de automóveis de passageiros caíram quase 25%.

Zipse disse que, apesar da crise econômica, a indústria automobilística europeia continua comprometida em alcançar a neutralidade de carbono.

Portal E2 (beta)


Source: E2 Portal by www.e2.rs.

*The article has been translated based on the content of E2 Portal by www.e2.rs. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!