Vende certificados falsos de tampões negativos da Covid a 50 euros no aeroporto de Capodichino: relatado

Ele vendia certificados médicos falsos de esfregaços negativos na Covid, no aeroporto de Capodichino, por 50 euros. Mas ele foi pego pela Polícia de Fronteira Aérea e denunciado. Aconteceu ontem de manhã, dentro do aeroporto napolitano. A polícia surpreendeu uma mulher, que partia para Marrocos, com um atestado médico que atestava aresultado negativo do teste rinofaríngeo, documento que foi considerado falso durante as investigações. E descobriram que o documento falso tinha sido vendido a ela alguns minutos antes por um homem dentro do aeroporto a um custo de 50 euros. A denúncia foi acionada para ambos. De facto, para viajar de avião para o estrangeiro, é imprescindível ter um certificado que comprove que efectuou um swab Covid com resultado negativo, caso contrário não é possível passar nos cheques no check in.

A operação foi conduzida pela Polícia de fronteira aérea do Aeroporto Internacional de Capodichino, durante a atividade de controle documental prevista para voos internacionais. Os policiais, graças às descrições fornecidas pela mulher e por meio do sistema interno de videovigilância, conseguiram identificar e deter o homem, que se encontrava na entrada do aeroporto, e o encontraram em posse de 9 certificados de tampões Covid 19, todos contrafeitos, um telemóvel, um bloco de notas e 6.678 euros. Este é BS, um marroquino de 45 anos com histórico policial, ele foi processado por receber mercadorias roubadas e vender ou comprar coisas com cópias falsificadas de autenticação ou certificação pública. Enquanto a mulher, uma marroquina de 29 anos, foi denunciada por uso de documento falso.


Source: Fanpage by www.fanpage.it.

*The article has been translated based on the content of Fanpage by www.fanpage.it. If there is any problem regarding the content, copyright, please leave a report below the article. We will try to process as quickly as possible to protect the rights of the author. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content of the author and always include the original link of the source article.If the author disagrees, just leave the report below the article, the article will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!